Dicas para cuidado com os instrumentos musicais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on skype
Share on telegram
Share on email

Ter cuidado com os instrumentos musicais é importantíssimo para a longevidade deles. Confira, portanto, algumas dicas de conservação deles.

Cuidados gerais

  • Evite que seu instrumento tenha contato direto com sol ou que fique exposto à umidade ou chuva. O calor, pode derreter as colagens das mais variadas partes do instrumento, por exemplo o cavalete do violão que pode soltar ao receber muito calor.
  • A umidade, pode causar ferrugem nas partes metálicas e também alterar a resistência das colagens, alem de amolecer e dilatar a madeira. A melhor maneira é evitar locais como porões, guarda roupas, deixar longe de paredes úmidas e etc.
  • Cuidado na hora de usar e transportar para evitar batidas. Mantenha-o em uma case apropriada.
  • Sempre lave as mãos antes de tocar. Com isso, evita que seu instrumento crie aspecto pegajoso e acumule gordura.
  • Para deixar em casa o instrumento, o ideal é deixar em um suporte de chão com o apoio do braço fora de capas e cases. Se não tiver como guardar dessa forma (caso em casa tenha animais domésticos e crianças), pode-se deixa-lo em um case ou bag, observando de afrouxar as cordas do instrumento caso você não o esteja tocando frequentemente e de vez em quando deixando o case ou o bag abertos para não agruparem umidade.

CUIDADO COM INSTRUMENTOS DE CORDAS

Para guitarras e violões, procure passar um pano seco após o uso, principalmente nas cordas, para que não ocorra o acúmulo de poeira e gordura. O mais indicado é que você utilize produtos que são próprios para a limpeza das cordas e da madeira. Outra dica é aproveitar o momento que você for trocar o encordoamento – importante lembrar de trocar uma corda por vez – para fazer uma limpeza geral. Principalmente na escala, a qual terá um melhor acesso.

E lembre-se cordas velhas e enferrujadas alem de prejudicarem o timbre e a tocabilidade do instrumento, também espalham oxidação por todas as partes metálicas do instrumento,além de prejudicarem o timbre e a tocabilidade do instrumento, também espalham oxidação por todas as partes metálicas do instrumento, alem de danificar os trastes. Ao aparecerem sinais de oxidação, troque as cordas e evite futuros transtornos!

 

CUIDADO COM INSTRUMENTOS DE TECLAS

Para pianos, que desafinam facilmente, a melhor opção é contatar um profissional para fazer a manutenção. No entanto, após o uso, é recomendado sempre passar um pano seco na parte externa.

CUIDADO COM INSTRUMENTOS DE SOPRO

Pelo fato de serem tocados com sopro, ou seja, com a boca, a limpeza desses instrumentos torna-se um hábito indispensável. O contato com a boca (e a saliva) faz com que esses instrumentos costumem condensar água no seu interior, que pode se tornar um espaço propício para proliferação de bactérias. A dica, portanto, é que após cada uso você limpe o instrumento com pano seco na parte externa e com o auxílio de uma gaze na parte interna.

 

CUIDADO COM INSTRUMENTOS DE PERCUSSÃO

Em geral, mantenha o mesmo cuidado de passar um pano seco diariamente. Se for possível desmontar seu instrumento, como é o caso das baterias, escolha um ambiente espaçoso e arejado para fazer a limpeza completa. Lembre-se de não usar produtos abrasivos. Você pode comprar produtos especiais, como os polidores de prato para limpeza de baterias, por exemplo

 

Como Bodout pode auxiliar na conservação dos seus instrumentos?

Como nós vimos, O pior inimigo do instrumento musical é a umidade, e a sílica gel bodout pode ajudar você nessa, mantendo seus cases sempre secos e todas as peças metálicas dos seus instrumentos musicais longe da oxidação. 

Confira como usar Bodout: https://bodout.com.br/home/usar/