Mofo: descrição e como evitar?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on skype
Share on telegram
Share on email

O mofo é conhecido por todos e vistos em casas,  alimentos estragados ou ambientes com umidade. Não importa o lugar que seja encontrado e nem por quem, indiscutível é o fato de serem  desagradáveis não só visualmente, pelo seu mau cheiro, mas também por poderem causar diversos problemas de saúde. Por isso, vamos conhecer um pouco mais sobre eles e como Bodout pode ajudar a evitá-lo 

O que é mofo?

O mofo é um conjunto de filamentos de células (hifas) que se desenvolvem por meio dos esporos (unidades de reprodução dos fungos).Eles se projetam no ambiente através das manchas pretas nas superfícies úmidas das paredes e tetos.

São as hifas que são perigosas principalmente para pessoas vulneráveis com baixa imunidade ou que sofrem de asma. Os esporos dos fungos ao se proliferarem em ambientes internos, em consequência disso podem desencadear problemas alérgicos e respiratórios naqueles que vivem no ambiente.

Algumas espécies de fungos, em particular, o Stachybotrys, libera toxinas que podem causar inflamação pulmonar, perigosa para idosos e crianças.

Aspectos do mofo

Com relação à coloração, existem mofos de muitas cores diferentes e as vezes pode aparecer como manchas, mas geralmente são em tons acinzentados, esverdeados, azulados ou esbranquiçados, ficam normalmente em relevo. Quanto ao odor pode ser bem característico, sendo fácil de identifica-los em lugares escondido, como carpete ou no verso do papel de parede, porém são fáceis de serem removidos com um pano úmido.

Onde o mofo pode ser encontrado

O mofo pode  ser encontrado em qualquer local ou época do ano,  o que causa seu desenvolvimento são ambientes que contenham ou sejam úmidos por um longo período.

Exemplos de locais, dentro de casa, que podem ser propícios para o aparecimento do mofo, caso seja presente as condições de crescimento necessárias para seu crescimento: Armários; Banheiros; Guarda-roupas; Estofados; Tapetes; Carpetes; Paredes; Telhas; Porões; Pias e Canos

Mofos perigosos 

Alguns tipos de mofos são danosos a saúde humana, como é o caso do bolor de pão e de outros alimentos. Isto ocorre, pois eles estragam e apodrecem os alimentos. Ao comer um alimento (pão, fruta, legume, etc.) é sempre importante verificar se o mesmo não se encontra embolorado. Em caso afirmativo, o certo é jogar o alimento no lixo.

Mofos úteis 

Existem também algumas espécies de mofos que são úteis aos seres humanos. Podemos citar como exemplo os mofos do gênero penicillium. Estes mofos servem para os cientistas como base para a produção de antibióticos (penicilina), usados para combater vários tipos de doenças.

Algumas espécies de mofos tão são usadas na fabricação de determinados tipos de queijos.

Problemas ocasionados pelo mofo

O mofo não apenas pode destruir os itens da casa, como também pode fazer muito mal à saúde. Problemas respiratórios podem ser causados ou agravados por ele como:

Asma alérgica

Rinite alérgica

Sinusite fúngica

Aspergilose broncopulmonar alérgica

Micose broncopulmonar alérgica

Alergias

Os problemas respiratórios,  como por exemplo a rinite, pode ser desencadeada ou ter uma piora, quase que de imediato quando uma pessoa, predisposta ou não, a te-la, entra em contato com o mofo. Ou seja, se alguém já tem rinite ou até que não tenha, pode passar a ter quando estiver em um local que possua a bactéria.

Como vimos, o mofo se desenvolve na umidade. Para evitá-lo, portanto, basta colocar  Bodout em locais onde ele pode se proliferar. Confira um vídeo explicando como usar Bodout: https://bodout.com.br/home/usar/