Principais lutas do calendário do UFC em 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on skype
Share on telegram
Share on email

O UFC está com um calendário cheio para 2020 e ainda vai ter mais lutas a serem marcadas. No início do ano até agora, já tivemos nocaute de Conor Mcgregor em 40 segundos sob Donald Cerrone e vitória contestada de Jon Jones em cima de Dominick Reyes valendo o cinturão dos Pesos Meio-Pesados. Confira as principais lutas que vão movimentar o Ultimate nos próximos meses:  

Peso-médio: Israel Adesanya x Yoel Romero

Data e local: UFC 248 – 7 de março de 2020, em Las Vegas (EUA)

Israel Adesanya é o atual campeão do peso médio

Para começar nossa lista de principais lutas é sobre a primeira defesa de cinturão de Israel Adesanya que será contra Yoel Romero. Ele unificou o cinturão peso-médio em outubro de 2019, após nocautear Robert Whittaker, no segundo round do UFC 243. O nigeriano de 30 anos tem um cartel de 18 vitória e está invicto no MMA, além disso 14 das suas vitórias foram por nocaute. 

Yoel Romero vem de duas derrotas seguidas para a disputa do cinturão. O cubano de 42 anos tem em seu cartel 13 vitórias e 4 derrotas e tem uma prata olímpica de wrestling nas Olimpíadas de 2000.

O brasileiro Paulo Borrachinha vinha sendo o provável adversário do nigeriano para sua primeira defesa de título – venceu o próprio Romero por decisão dos juízes no UFC 241 – , mas uma lesão acabou tirando o mineiro de combate. Além da derrota para Borrachinha, o cubano também havia perdido sua luta anterior, contra Robert Whittaker, no UFC 225, em 2018.

 

Peso-palha: Weili Zhang x Joanna Jedrzejczyk

Data e local: UFC 248 – 7 de março de 2020, em Las Vegas (EUA)

Depois de fazer história no UFC, ao se tornar a primeira atleta da China a ostentar um título da organização, Zhang terá mais um duro desafio pela frente. A algoz de Jéssica Andrade terá o dever de interromper a boa fase de Joanna e mostrar que é, de fato, capaz manter seu reinado recente e impedir que a polonesa recupere seu título, perdido em 2017.

Weili chegou ao Ultimate sem fazer muito barulho. Com estreia pela organização em agosto de 2018, porém, a atleta, após três resultados convincentes, recebeu a oportunidade de desafiar ‘Bate Estaca’, que havia se tornado campeã pela companhia em maio, quando derrotou Rose Namajunas em card que aconteceu no Rio de Janeiro, pelo UFC 237.

Enquanto a campeã não terá tarefa fácil, a mesma afirmativa pode ser transferida para Jędrzejczyk. A polonesa viveu um período complicado dentro da organização, quando, em quatro lutas, conseguiu somar apenas uma vitória.

Joanna, porém, voltou a agradar os olhos da diretoria do Ultimate depois de conseguir uma grande vitória sobre Michelle Waterson, na luta principal do UFC Tampa, realizado em outubro deste ano. Na ocasião, a polonesa conseguiu mostrar a boa forma e, após cinco rounds de total domínio, foi declarada vencedora sobre a norte-americana na decisão unânime dos juízes.

Logo após o resultado positivo, a polonesa, ainda no octógono, fez questão de desafiar Weili para um futuro confronto.

 

Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Tony Ferguson

Data e local: UFC 249 – 18 de abril de 2020, no Brooklyn (EUA)

Talvez essa seja a mais esperada do nosso ranking de principais lutas do UFC.

Aos 31 anos, Nurmagomedov detém cartel invicto de 28 triunfos, sendo 12 pelo UFC.  Esta será a terceira defesa de título do russo – bateu Conor McGregor e Dustin Poirier, ambos por finalização, anteriormente. Já Tony Ferguson, quatro anos mais velho, tem 25 vitórias e três derrotas na carreira. Líder do ranking da categoria, ‘El Cucuy’ vem embalado com 12 vitórias, a última delas sobre Donald Cerrone, em junho deste ano, por nocaute técnico (interrupção médica). 

Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson tiveram duelos cancelados em quatro oportunidades. Todas por motivos de lesão ou saúde – duas vezes de cada um dos lutadores. Dois dos cancelamentos foram às vésperas de disputas de cinturão. No UFC 209, em março de 2017, em Las Vegas, eles se enfrentariam pelo título interino dos leves. Mas Khabib teve problemas no processo de corte de peso, precisou ser hospitalizado e foi vetado de última hora. Na ocasião, Ferguson se recusou a encarar Michael Johnson como substituto, alegando que sofreria um drástico corte no salário. 

No UFC 223, em abril do ano passado, foi a vez de Tony Ferguson ser vetado às vésperas da luta, por lesão no joelho. Al Iaquinta foi escalado como substituto de última hora, pois Max Holloway, campeão dos penas, foi impedido de lutar pela Comissão Atlética de Nova York. Khabib, então, venceu Iaquinta por pontos e conquistou o cinturão linear dos leves, justamente no Brooklyn, onde retorna para o aguardado duelo.

Peso-galo: Henry Cejudo x José Aldo

Data e Local: UFC 250 – 9 de maio de 2020, em São Paulo

O único brasileiro na nossa listagem das principais lutas do UFC é  José Aldo, mas a escolha de José Aldo para ser desafiante ao cinturão dos galos é, no mínimo, inusitada. Ele vem de duas derrotas seguidas, sendo que, em sua última luta, fez sua primeira apresentação na divisão até 61kg, quando perdeu para Marlon Moraes por decisão dividida em resultado que gerou muita reclamação do atleta da Nova União, além de troca de farpas na imprensa e nas redes sociais com o algoz. Apesar do revés, Aldo recebeu elogios por bater o peso e protagonizar uma boa atuação em sua estreia na categoria – o que reforçou o desafio feito pelo campeão Henry Cejudo.

 

Confira o calendário completo das lutas marcadas no UFC: https://sportv.globo.com/site/combate/noticia/programacao-completa-e-todos-os-resultados-do-ufc-no-ano-de-2020.ghtml